Post publicado por César
22.10

print
 

O site TMZ.com divulgou uma notícia nesta terça-feira (21.10), onde revela que Kesha disse, em junho de 2011, sob juramento, que o produtor Dr. Luke não drogou ela e não abusou sexualmente dela, contrariando as alegações de sua ação judicial atual contra Luke.

O TMZ obteve uma deposição do ano de 2011, onde Kesha e Dr. Luke estavam sendo processados pelo ex-empresário dela da DAS Communications. Nesse depoimento antigo, Kesha alegou nunca ter tido relações sexuais com Dr. Luke, além de alegar que o produtor nunca lhe deu cocaína ou outras drogas ilícitas, porém, ela não tinha certeza sobre outras substâncias que não são compradas em farmácia. Sobre a alegação, na ação judicial atual, de ela acordar na cama do quarto de hotel de Dr. Luke, sem lembrar de como chegou lá, Kesha disse que não lembrava.

O advogado de Kesha, Mark Geragos, alegou que esse depoimento antigo não era válido, mas o juiz discordou.

Em contrapartida, o advogado de Kesha disse ao TMZ, que o uso desse testemunho antigo é “mais uma tentativa patética de culpar a vítima“. Mark também alega que Kesha mentiu em seu depoimento de 2011, porque “Dr. Luke caminhou com ela pela praia, ameaçando-a de destruir sua vida e a vida de sua família, se ela não encobrir os abusos sexuais sofridos“.

Mark Geragos também disse ao site Gossip Cop:

A última manobra de Dr. Luke não é uma surpresa, é um desesperado ‘golpe de misericórdia’ e mais uma tentativa patética de culpar a vítima. Conforme detalhado em nossa queixa, Luke caminhou com Kesha até a praia e ameaçou destruir a vida dela e a vida de sua família se ela não encobrir os abusos sexuais no depoimento de 2011. Agora ele continua com suas ameaças se agarrando em palhas para tentar distorcer as declarações coagidas de Kesha. Infelizmente a proteção de agressores por medo acontece muitas vezes com mulheres vítimas de violência. Esse caso é sobre abuso físico, emocional e psicológico de Luke contra Kesha, e a luta dela para tirá-lo de sua vida. Depois de ser levada para a beira da morte e para a reabilitação, ela não vai permitir-se a definhar nas mãos de seu agressor enquanto ele tenta culpar a vítima.

Além dessas ameaças, nessa terça-feira (21.10), um servidor de processo da equipe jurídica do produtor Dr. Luke, colou na porta da casa de Kesha em Los Angeles, um papel sobre a ação judicial do produtor contra a cantora, e os adesivos utilizados para colar o papel na porta da casa da estrela pop, eram do “Rainbow Acres”, que é conhecido pela comercialização de frangos assados.

Confira abaixo a imagem do papel colado na porta da casa de Kesha em Los Angeles:

1020-kesha-door-served-stickers-splash-4

[Clique na imagem para ampliar]

ATUALIZAÇÃO

O Access Hollywood recentemente divulgou na internet, um vídeo do programa, onde o advogado de Kesha, Mark Geragos, se pronunciou sobre o antigo depoimento de Kesha no ano de 2011, em um outro processo antigo, que agora foi usado pela defesa do produtor musical Dr. Luke, para livrá-lo das acusações de abuso, feitas na ação judicial atual que Kesha moveu contra ele.

Assista o vídeo no player abaixo:

Nesse vídeo, Mark fala, mais uma vez, que quando Kesha negou os abusos de Dr. Luke no depoimento durante o processo de 2011, da DAS Communications, ela estava sob ameaças do produtor, para encobrir os abusos sofridos, tanto que depois, ela foi parar na reabilitação. Outra informação importante e interessante, que o advogado de Kesha comentou, foi a que:

Eu fui contatado por MAIS de um(a) artista que, não apenas estão apoiando Kesha, mas também vão fazer depoimento sobre suas histórias no tribunal. No momento em que chegar o julgamento, eu acredito que teremos uma linha completa de testemunhas prontas para falar.

O advogado também comenta que, o que deu coragem para Kesha finalmente contar sobre esses abusos sofridos, foi o ingresso dela na reabilitação, depois das ameaças de Dr. Luke, e após muita terapia, além do fato de ela se cercar de pessoas que a apoiam.

Fonte: TMZ.com | TMZ.com – Link 2 | GossipCop.com



Twitter



Facebook