Post publicado por César
03.12

keshagagadrluke-horz

O advogado de Kesha, o doutor Mark Geragos, que já teve como clientes os cantores Michael Jackson e Chris Brown, afirmou hoje no Twitter,  que o produtor musical, Dr. Luke, também teria cometido abuso sexual contra a cantora Lady Gaga.

Esse assunto se iniciou, porque Lady Gaga concedeu uma entrevista ao Howard Stern, nesta terça-feira (02/12), pela manhã, onde ela revelou que chegou a ser estuprada por um produtor musical, aos 19 anos de idade, mas na entrevista, Gaga não citou nomes. Após isso, Mark Geragos comentou no Twitter, com um link da entrevista onde Gaga faz a revelação, o seguinte:

Adivinhem quem é o estuprador? Veja AQUI.

 

Então uma pessoa perguntou para Mark no Twitter:

Você está insinuando que é alguém que os fãs da Kesha conhecem? Veja AQUI.

 

Mark também citou a pessoa que fez essa pergunta adicionando:

“Nomeie o pervertido” – veja AQUI.

E após o nome de Dr. Luke ter sido citado, Mark disse:

#bingo – Veja AQUI.

 

Vale lembrar que, um suposto e-mail antigo de Pebe Sebert (mãe de Kesha), enviado para Dr. Luke, foi divulgado pelo sensacionalista TMZ.com há algumas semanas, e na mensagem, era dito que:

Nós… eu, Kesha, e alguns amigos, como Lady Gaga, vamos fazer de tudo para que isso realmente venha a público.

 

Um representante de Lady Gaga se limitou a dizer apenas, para o site TMZ, que isso não é verdade, porém, não foi comentado sobre quem Gaga estava se referindo, em sua revelação ao Howard Stern. Um representante de Dr. Luke disse ao site que o produtor nunca esteve sozinho com Lady Gaga e nunca a tocou.

 

Mark Geragos também disse ao TMZ, que essas coisas são verdade e, adicionou que o escândalo de Cosby (comediante americano que supostamente estuprou 20 mulheres), é um gatilho para a revelação. Mark disse:

As alegações de Cosby têm feito outros mais corajosos se mostrarem agora

O advogado de Kesha afirma também, que vai incluir Lady Gaga na ação judicial de Kesha contra Dr. Luke. Ele acrescenta que mais outras 3 três mulheres, não tão conhecidas, também já tiveram uma experiência similar com a de Kesha, e que também serão incluídas no processo.

 

Fonte: TMZ.com



Twitter



Facebook