Post publicado por Pedro I.
20.03

(photo_2)_keshadinner-724x49212
Meses após o inicio da batalha judicial entre Kesha e Dr. Luke, ação movida pela Kesha se torna prioridade entre as que envolvem Kesha, sua mãe e o produtor Dr. Luke.

Hoje (20.03), o Supremo Tribunal de Nova York decidiu colocar a ação movida pela Kesha como prioridade entre outras duas movidas pelo produtor musical, Dr. Luke, contra a cantora. O porque? O simples fato de que cada ação foi movida em um estado americano diferente.

Quando Kesha entrou em processo contra Dr. Luke, sua única ação foi arquivada no estado da Califórnia. Logo após, Luke também arquivou outros dois processos (os dois semelhantes): um em Nova York e outro no Tennessee.

Pelo fato do Dr. Luke mover duas ações semelhantes, em estados diferentes, fez com que juízes desconfiassem de que essas ações poderiam afetar o resultado da que foi feita pela Kesha (a primeira a ser arquivada). Então Shirley Kornreich decidiu que a ação da Califórnia deve manter-se em primeiro lugar. Como justificativa, a juíza disse que as ações de Dr. Luke “apresentam reivindicações semelhantes, com a possibilidade de decisões contraditórias, já o caso da Califórnia alega reivindicações legais e especificamente ocorridas na Califórnia.”

Desde o mês de Outubro do ano passado, processos jurídicos foram arquivados entre Kesha, Pebe e Dr. Luke. De lá para cá, muitas coisas ocorreram nesta batalha judicial e para entender melhor o que ocorreu desde o inicio, clique aqui.

FONTE: Hollywood Reporter



Twitter



Facebook