Post publicado por Natália H.
22.02

Em carta divulgada hoje, advogados de Dr. Luke chamam Kesha de mentirosa e dizem que ela é “livre” para gravar música. Confira trecho traduzido da matéria:

Advogados de Dr Luke lançaram um novo documento segunda comentando sobre a campanha #FreeKesha nas mídias sociais assim como as alegações contra seu cliente. Seguindo o pedido negado de Kesha para uma liminar contra Gottwald e a Sony Music, o que a força a honrar seu contrato e continuar gravando mais seis álbuns com o abusador, fãs e artistas como Lady Gaga, Lorde e Demi Lovato criticaram o resultado da suprema corte.
A decisão da juíza de Nova Iorque renovou uma popular hashtag #FreeKesha, com os fãs reclamando que Kesha estava sendo obrigada a trabalhar com o alegado estuprador, mas como a advogada de Luke, Christine Lepara, disse no novo documento “A Suprema Corte descobriu sexta que Kesha já estava “livre” para gravar musica sem Luke como produtor se ela não quisesse. Qualquer reivindicação de que ela não está “livre” é um mito. Lepara adicionou que a Sony já investiu 11 milhões promovendo a Kesha.
Já com as acusações de estupro e abuso, Lepara negou dizendo que “Dr Luke já disse repetidamente que as alegações contra ele são falsas e totais mentiras que foram inventadas pra extorquir uma negociação de contrato e dinheiro.” O documento continua. “Kesha e seu conselho submeteram Luke e sua família a julgamento pelo twitter, usando uma campanha para arruinar sua reputação para ganhos financeiros enquanto ela falha nas acusações.”

Estamos esperando o advogado de Kesha rebater as acusações.



Twitter



Facebook