Post publicado por Samuel D
23.06

Um processo de difamação arquivado em um tribunal do Tennessee por Dr. Luke contra a mãe de Kesha, Pebe Sebert, foi dispensado, de acordo com um representante do produtor. Uma declaração conjunta divulgada pelo Dr. Luke e pela Sra. Sebert diz que a mãe da cantora “admite que ela não tem conhecimento pessoal de primeira mão sobre os acontecimentos ocorridos na noite do suposto estupro”. O caso de Tennessee foi dispensado, porém a batalha legal entre Kesha e Dr. Luke, que está em Nova York, continuará. Confira a declaração emitida por ambas as partes:

O Dr. Luke contesta vigorosamente e nega que ele tenha estuprado Kesha Sebert, e ele está afirmando reivindicações de difamação em um tribunal de Nova York contra Kesha Sebert por fazer declarações em contrário, cujas afirmações o Dr. Luke nega com firmeza.

Pebe admite que não tem conhecimento pessoal de primeira mão sobre os eventos ocorridos na noite da suposta violação. Pebe não estava presente naquela noite. Naquela época, Pebe estava em Nashville, e Kesha estava em Los Angeles. A disputa entre Kesha e o Dr. Luke sobre os acontecimentos daquela noite é o assunto do caso de Nova York, e será decidido neste. Consequentemente, todas as partes acreditam que é apropriado descartar este caso do Tennessee e concentrar sua atenção no caso de Nova York.



Twitter



Facebook