Post publicado por Samuel D
27.01

Após rumores de que Kesha dividiria o palco com outras artistas durante sua performance de “Praying” na 60º edição do GRAMMYs, uma confirmação mais pontual foi dada pelo tabloide la times. 

Kesha performará a deslumbrante e redentora faixa do álbum “Rainbow”, “Praying”, ao lado de um coro de mulheres com algumas as estrelas, incluindo Cyndi Lauper, Camila Cabello, a nova indicada a Best New Artist, Julia Michaels, Andra Day e Bebe Rexha. Eles serão acompanhados por membros do Resistance Revival Chorus, um coletivo de mulheres que se unem para cantar músicas de protesto.

“Será poderoso”, afirmou Ehrlich. “Seria uma performance incrivelmente forte sob qualquer circunstância, mas quando você percebe o que está acontecendo, torna-se muito mais relevante, de certa forma. É o que eu mais amo sobre esse show. Obviamente, há muitas pessoas que se perguntam sobre Time’s Up e #MeToo e o que é tão gratificante para mim como uma criança dos anos 60 é ver este fervoroso compromisso de mudar por uma nova geração “.

O tapete vermelho terá início as 20h30 (transmissão pelo canal E!), e a premiação 22h30 (TNT Brasil).



Twitter



Facebook