3º álbum | Kesha Brasil | Page 6

Post publicado por Samuel D
01.08

Dia 15 aconteceu uma conferencia do caso Kesha vs. Dr. Luke para discutir o andamento do processo aberto por Kesha na Califórnia contra o produtor. A cantora e o produtor vêm se enfrentando judicialmente em Nova York, e o caso aberto por Kesha em LA estava em espera por todo esse tempo, pois, contratualmente, quaisquer disputas legais entre os dois devem ocorrer em NY.

Na esperança de colocar a sua carreira de volta nos trilhos, Kesha enviou 28 novas músicas para sua gravadora e deixou para trás suas ações legais contra Dr. Luke no estado da Califórnia. A batalha em Nova York, entretanto, continua de pé, porém a juiza rejeitou as alegações de abuso sexual contra Dr. Luke em abril.

“Kesha rejeitou sua ação na Califórnia sem maiores problemas enquanto prossegue com seu apelo e outras reivindicações legais nos tribunais de Nova York” disse Daniel Petrocelli (advogado da cantora) em uma declaração oficial. “Kesha está focada em voltar a trabalhar e já entregou 28 novas músicas para a gravadora. Comunicamos a Sony e a gravadora que ela tem grande vontade de lançar seu próximo álbum e single mais rápido possível.”

Kesha tem gravado as novas faixas com seu próprio dinheiro nos últimos meses, e as enviou para a gravadora de Dr. Luke, Kemosabe, esperando lançar um single e um álbum mais rapidamente possível.

Fonte: RollingStone

[ATUALIZAÇÃO] Via redes sociais, Kesha se pronunciou sobre a notícia e afirmou que o fato dela ter retirado as acusações contra Dr. Luke na Califórnia não significa que ela está desistindo do processo, afinal, a disputa continua em Nova York.

 “Minha luta continua. Preciso lançar minha música. Eu tenho muito a dizer. Esta ação judicial pesa muito em meu espírito que uma dia já foi livre, e eu só posso orar para que um dia sinta a felicidade novamente. Eu continuarei a lutar pelos meus direitos em Nova York. Obrigada por todo o apoio. O apoio dos meus fãs tem sido tão lindo e eu sou muito grata por isso. Eu não tenho certeza de onde eu estaria sem vocês todos.”


Post publicado por Samuel D
20.04

Depois muitos anos sem músicas inéditas, hoje (20/04) foi registrada uma nova música de Kesha no BMI (site que registra os direitos autorais de músicas e seus cantores, compositores e produtores) intitulada ”Buried Alive” (“Enterrada Viva” em tradução livre). A música é composta por Kesha, Erik Lewander (KPOP) e Sacha Skarbek (Miley Cyrus, “Wrecking Ball”). Confira imagem do registro:

Captura de Tela 2016-04-20 às 19.28.10

A composição e produção da música, foi iniciado, provavelmente, em outubro do anos passado, quando se encontraram em um dos eventos do The Invitational Group, grupo que organiza eventos para uma troca de experiências na composição de músicas. Kesha esteve junto com Erik e Sacha, como podemos ver a seguir:

Ferras and Kesha!! So much talent!

Uma foto publicada por Erik Lewander (@wonderik) em

Captura de Tela 2015-10-28 às 16.20.21
Fonte: BMI


Post publicado por Samuel D
05.03

Se lembra do vídeo onde Kesha aparece cantando um trecho de música inédita? Mais um trecho daquela canção foi divulgada hoje! O primeiro vídeo havia sido divulgado pelo próprio advogado de Kesha, como agradecimento pelo enorme apoio que a cantora vem recebendo, já o trecho adicional foi divulgado por um fã que tem contato com a cantora. Confira abaixo 54 segundos da faixa intitulada “You’re My Angel Tonight”:

* Na primeira publicação, o responsável pela divulgação do trecho intitulou-o como “You’re My Angel Tonight”, mas depois publicou-o no soudcloud como “Angel”, ou seja, nada confirmado quanto ao título oficial.


Post publicado por Samuel D
04.03

Zedd se oferece para produzir música para Kesha

Após se oferecer para produzir com Kesha, Zedd contou para o ET como surgiu a idéia de convidar Kesha para uma parceria em estúdio. Segundo o DJ, ele tomou total conhecimento do caso judicial de Kesha minutos antes de publicar a proposta.

“Li um artigo sobre [o caso] momentos antes de tuítar [sobre a proposta], porque eu não a conhecia pessoalmente […] Achei que via Twitter seria a melhor maneira de entrar em contato com ela […] A única coisa que posso realmente fazer para ajudar é produzir música, e foi isso que eu ofereci” – Zedd

O produtor, ganhador do Grammy de “Melhor Gravação Dance” pela canção “Clarity” lançada em 2014, ainda acrescentou que a equipe de Kesha contactou ele após a oferta!

“Sua equipe realmente nos contactou de volta para confirmar se eu estava falando sério sobre isso, o que foi muito legal […] Estou obviamente falando muito sério sobre isso, então talvez vá acontecer algo. Talvez haja alguma coisa que eu possa fazer. Talvez possamos fazer um pouco de música. Nada que eu possa dizer agora, mas seria legal […] Tudo o que sei é que ela está em uma posição muito difícil e se há algo que eu possa fazer para ajudar eu sempre farei com prazer.” – Zedd 

>> O que esperar de uma parceria entre Kesha e Zedd? 

Fonte


Post publicado por Samuel D
23.02

Segundo uma matéria divulgada pelo The Hollywood Reporter, o movimento #FreeKesha, o qual chamou a atenção de diversas celebridades e bases de fãs, trouxe um grande numero de apoiadores a Kesha nas redes sociais. Com isso, advogados do mundo da música estão divididos em como isso pode afetar no caso Kesha vs. Luke.

“Tudo tem um preço”, disse o advogado James Sammataro. “Há provavelmente um número a ser atingido no qual a Sony – ao se sentir sensível pelo grande potencial de um apoio crescente à Kesha em mídias sociais –  iria considerar liberar Kesha contratualmente.” 

Por outro lado, se Kesha ganhar permissão para ignorar seus contratos de exclusividade com a Kemosabe sem ser punida por isso, a credibilidade da Sony pode ser afetada,  diz o mesmo advogado. Além do mais, outros artistas poderiam tentar ignorar seus contratos também. Outro contra seria perder uma celebridade nível alto de talento como Kesha para outra gravadora concorrente, diz Sammataro, um advogado que não está envolvido no processo.

Favorável a liberação de Kesha, soma-se a má reputação que a gravadora está ganhando com toda a repercussão do caso. Isso poderá contribuir para que artistas deixem de assinar com a Sony no futuro, diz Mark Passin, que ainda acrescentou que casos assim raramente vão para julgamento e geralmente são resolvidos após uma audiência liminar, como a realizada sexta-feira. Passin ainda releva que a Sony talvez tente negociar com Kesha, reduzindo o número de álbuns que ela terá de gravar com o selo (atualmente são 6), em troca de um pagamento adiantado e/ou royalties em álbuns futuros com a gravadora que Kesha assinar em seguida.

“Nós vimos o poder que a Taylor Swift tem na indústria da música”, disse Sammataro. “Ela tem uma legião de fãs enorme e que pode mobilizar”.

Há esse ponto, mesmo que Dr. Luke esteja para vencer a batalha legal, o dano à sua carreira e reputação podem ser irreparáveis. Nesta segunda, Dr. Luke se defendeu pela sua conta no Twitter, dizendo que nunca teve alguma relação sexual com a Kesha e questionando o porquê de as pessoas estarem o acusando sem provas.

“Ele vai perder tudo o que ele tem para tentar limpar seu nome. Ele deveria se comprometer com isso? Eu acho que sim, mas ele vai acabar afundando junto com o navio. – Diz Dina LaPolt.

O advogado Mark Passin, que já trabalha nesse ramo da música há mais de 30 anos, disse que antigamente era mais comum os artistas pulares as “cercas” dos contratos;

“Você não vê mais isso atualmente. Nesta situação, espero que eles possam formar uma solução econômica que permitirá a todos continuarem com sua carreira.” – Passin

Sammataro diz que Kesha e Sony precisam resolver uma maneira de trabalhar dentro dos limites do acordo existente, permitindo Kesha gravar música para seus fãs em um ambiente seguro e protegido.

Deixar Kesha livre de Dr. Luke é “claramente o certo a se fazer, visto de uma perspectiva de relações públicas”, disse Sammataro; mas a partir de uma perspectiva criativa, existe um risco para a Sony. “Tudo o que sei é que ela tem sido bem sucedida com Dr. Luke”, disse ele.

Já outro advogada, Dina LaPolt, espera que Sony corte laços com Luke:

“Eu não ficaria surpresa se em algumas semanas Sony anunciasse que Luke se separou da gravadora”, disse ela.

Fonte: THR


Post publicado por Samuel D
13.02

Hoje (12), Wrabel (cantor, produtor e amigo de Kesha) publicou um vídeo ao lado da cantora em seu Instagram – até então, nada de anormal nisso. Porém, ao analisarmos melhor o ambiente ao redor, podemos ver teclados e uma guitarra dispostos como num estúdio – está melhorando, mas queremos mais! Ao prestar atenção no áudio ao fundo do vídeo, podemos ouvir uma música na qual o vocal lembra (e MUITO) a voz de nossa querida Kesha – !!!!!!!!!!!!!%

Confira o vídeo e tire suas próprias conclusões:

HAPPY HOLLERDAYZ from Y E A S T I N F E C T I O N!!! I love all of my ANIMALS!!! Thanks for all of the support this year!!!….Don’t worry NO ONE will ever shut me up.

Posted by Kesha on Sexta, 25 de dezembro de 2015

E tem mais: Ao postar uma foto ao lado de Wrabel em sua conta do Instagram, Kesha adicionou a seguinte legenda:

“OMG é isso que o Wrabel realmente faz quando nós trabalhamos

– Antes de dar sua palavra final, ouça o trecho que editamos para dar destaque aos vocais no fundo: 


Post publicado por Samuel D
20.01

A cantora e compositora Bonnie Mckee esteve com Kesha recentemente, como mostra um de seus vídeos que ela gravou pelo aplicativo Snapchat. No vídeo, elas parecem estar cantando em um estúdio improvisado, mas não se sabe o que, já que a Bonnie retirou o áudio do vídeo. Vale lembrar que Bonnie e Kesha já trabalharam juntas, uma de suas parcerias foram as músicas C’mon e Supernatural, do último album de Kesha. Confira abaixo o vídeo e tire suas conclusões:


Post publicado por Samuel D
07.09

Depois de quase um ano sem nenhum material vazado, hoje, 7 de Setembro, vazou um trecho de uma suposta canção inédita de Kesha chamada “Good Things Never Last”. Segundo a conta responsável pelo vazamento, a canção foi gravada esse ano! OBS.: Os fãs se encontram divididos: uns acham que é de fato Kesha na gravação, outros duvidam… Tire suas conclusões:

[ATUALIZAÇÃO] O cantor, produtor e compositor Wrabel tweetou ano passado o nome da possível canção acima:

Vale lembrar que Wrabel e Kesha estão trabalhando juntos desde o ano passado em produção e composição de músicas. Assim, os fatos indicam que é a voz da Kesha SIM.

[ATUALIZAÇÃO]

Hoje (08/09) vazou mais um trecho de outra canção. Porém o título e ano de gravação dessa é desconhecido. Ouça:


Post publicado por Samuel D
19.05

Captura de Tela 2015-05-19 às 14.39.21

Pouco tempo depois do lançamento de seu segundo álbum de estúdio, “Warrior”, Kesha já vem escrevendo novas canções que poderão entrar no próximo álbum ou acabar sendo descartadas como “Woo Hoo”, “Meet Me In Space” e inúmeras outras que já cansamos de contar. O fato é que o lançamento do próximo álbum bate de frente com toda a polêmica envolvendo Dr. Luke, mas a cantora garante que irá lançar músicas novas o mais rápido possível. Será que vai ser mais rápido do que imaginávamos?

Há algum tempo já haviam sido registrados títulos como “You Fucked With the Wrong Bitch”, “Brutus”, “Skeleton”, “Wolf Song”, “U Suck Ass” e “Child Of The Moon”, inclusive Kesha já nos deu um gostinho das quatro primeiras faixas mencionadas na segunda temporada de seu documentário, “Kesha: My Crazy Beautiful Life” (aonde chegou a descrever o próximo álbum como “destemido”, mas isso antes de toda a polêmica já mencionada). Um tempo depois, mais 3 músicas foram registradas! Chamadas “!! PELICAN”, “Darko” e “OKAY 12 30 09” (lembrando que os títulos podem ser provisórios). Vale ressaltar que apesar das 3 canções estarem registradas em nome de Kesha, ela não esta creditada como compositora (inclusive “Darko” consta como escrita por Dr. Luke), então é provável que essas últimas acabem descartadas visto que Kesha tem o costume de escrever todas as suas músicas e vem tentando se desvincular de Luke. De qualquer jeito, nada impede que a mesma adicione novos versos as músicas em questão. Continuamos esperando por mais informações…


Post publicado por César
22.01

10941006_1034527266562884_8636902250311652693_n

O site G1 realizou uma matéria especial com Kesha, por conta de sua vinda ao Brasil para realizar uma série de shows. Na entrevista, Kesha revela que está buscando inspiração no Brasil para o seu próximo álbum, além de revelar o formato que os shows no Brasil vão seguir. Confira algumas partes da matéria a seguir:

Kesha busca inspiração no Brasil para retomar carreira após ‘ano difícil’

Cantora diz que viagem para shows no país ajudará a inspirar novo álbum.

Em 2014 ela foi a rehab por suposto abuso: ‘Montanha-russa emocional’.

Foi definitivamente um dos anos mais difíceis da minha vida. Passei por tanta coisa…”. Kesha se queixa, mas evita enumerar os problemas de 2014 ao G1. No entanto, não é difícil apontar as tais dificuldades. Ela se destacou menos pela música do que por começar o ano internada em uma clínica de reabilitação por distúrbio alimentar e terminar em uma briga judicial, ao acusar o produtor Dr. Luke de assédio sexual. A retomada em 2015, dessa vez focada nos palcos e estúdios, começa no Brasil.

Kesha – que em 2014 também resolveu abandonar o $ do nome artístico – canta no Festival de Verão de Salvador (22), em São Paulo (25), em Florianópolis (30) e no Planeta Atlântida (31). Os shows vão ter o formato da “Warrior Tour”, ela diz. No ano passado, a turnê do disco lançado em 2012 foi interrompida e ela quase não subiu no palco.

A assessoria da cantora vetou perguntas pessoais nas entrevistas sobre shows no Brasil. Mas no caso da compositora que transforma experiências comuns em hits – “TiK Tok” apareceu quando ela chegou em casa bêbada da balada -, é difícil não falar de músicas que podem surgir da penúria de 2014. Sim, a “montanha-russa emocional”, como ela diz, pode inspirar novas músicas. Mas ela também quer outras influências para seu terceiro álbum – como o Brasil.

Gosto do Brasil, é inspirador. Ao mesmo tempo em que é diferente da Califórnia [onde ela nasceu], também me faz me sentir em casa. Da última vez [quando veio para o Rock in Rio, em 2011] as pessoas foram tão legais comigo”, diz. “Quero passear de barco, encontrar as praias, passar um tempo conhecendo a comida e as pessoas. Conhecer outra cultura para me inspirar”, planeja.

O trabalho no sucessor de “Warrior” (2012) será feito em 2015, mas não há data de lançamento confirmada. “Estou trabalhando em novas músicas sim, mas não sei quando sai”, diz. Alguma das músicas novas já prontas pode aparecer ao vivo no Brasil, ela diz. O som, como nos outros álbuns, não terá compromisso com coerência de estilos. “De rock and roll sujo a country music”, ela diz sobre o que ouve atualmente.

Confira a matéria completa clicando AQUI.


Page 6 of 7« First...34567


Twitter



Facebook



Entre no Estilo