Post publicado por Samuel D
19.05

A ação de Dr. Luke em barrar a performance de Kesha no Billboard Music Awards chegou até Lady Gaga, que não gostou nada da história. Gaga fez questão de usar seu Twitter para expor seu descontentamento com o produtor, confira:

“Nao é estranho ser permitido por lei ter poder sobre uma mulher dessa maneira? Escuta aqui, Ursula, nós queremos a voz dela de volta #FreeKesha”

– @LadyGaga via Twitter

 


Post publicado por Samuel D
12.05

Hoje, o site Page Six divulgou que Dr. Luke está solicitando que Kesha apresente atestados médicos que provem a acusação de estupro por parte da cantora.

Lukasz Gottwald, disse em uma nova ação judicial preenchida em Manhattan que a cantora não apresentou nenhum documento terapêutico quando o acusou de trauma físico, emocional e sexual.

Os advogados de Kesha contrariaram a ação do produtor nessa última terça-feira (10) , alegando que a cantora tem o direito de fazê-lo, pois as consultas terapêuticas guardam os pensamentos e sentimentos mais íntimos de uma pessoa, que devem ser protegidos. Eles também disseram que se os registros de Kesha forem liberados, sessões de terapia privadas de outros vítimas de estupro também poderão ser divulgadas, o que é ilegal.

Há um tempo atrás, após favorecer Sony/Dr. Luke no tribunal e afirmar que Kesha não tinha evidências suficientes para provar que realmente sofreu abusos sexuais do produtor, a juíza responsável pelo julgamento já havia solicitado um laudo médico que provasse a acusação de estupro.

Segundo os documentos do caso, Kesha afirma que, após ser drogada pelo produtor, ela acordou nua em seu quarto de hotel, ligando imediatamente a sua mãe (Pebe) para denunciar o ocorrido. Durante a ligação, Kesha também teria afirmado a Pebe que necessitava ir ao pronto socorro, porém não se tem informações se Kesha realmente passou por um médico depois de ser abusada pelo produtor.

Fonte: Page Six

 


Post publicado por Samuel D
03.05

Capa e destaque do mês da Latina Magazine, Demi Lovato foi questionada sobre sua posição no caso Kesha x Luke e não deixou de apoiar a amiga. Demi já havia argumentado a favor de Kesha, logo após a negação do pedido de liminar e fez questão de continuar mostrando apoio a ela.

Nem é tanto sobre Dr. Luke, já que não é da minha conta o que aconteceu ou o que pode não ter acontecido.”  – Demi sobre as alegações de abuso sexual conta Dr. Luke – “O importante pra mim é que as pessoas têm tanto medo de denunciar quando são abusadas sexualmente ou estupradas porque 1) não é algo fácil de se provar, então você não irá querer passar por todo o processo e tê-lo jogado fora; 2) Por ser difícil de provar, as pessoas são rápidas em espalhar rumores ou não acreditar em você e, portanto, ninguém está denunciando e as mudanças só estão acontecendo em um sentido pior.

Demi chamou a atitude de Kesha de “corajosa” e acrescentou que artistas mulheres não devem se sentir como competidoras entre si. “Nós temos que apoiar uns aos outros”, disse ela.

Fonte: Billboard

Captura de Tela 2016-04-30 às 04.22.44


Post publicado por Samuel D
28.04

Além da troca de processos judiciais entre Kesha e Dr. Luke, a mãe da cantora (Pebe) também estava trocando farpas com o produtor no tribunal.

Nas últimas atualizações do processo, foi divulgado que a juíza responsável pelo caso decidiu dispensar todas as alegações de Kesha contra o produtor, menos uma, responsável pelo acerto contratual entre Kesha e a Sony (e, consequentemente, Dr. Luke). Após a nota, os advogados de Kesha e Luke se reuniram numa teleconferência para discutir o processo, e Kesha foi convocada a depôr sobre suas acusações, sob juramento e gravação audiovisual do Supremo Tribunal de Justiça de Nova York.

Enquanto o julgamento se desenrola em Nova York, há ainda um processo de Kesha contra Luke em espera na Califórnia e outra troca de processos entre Pebe e Luke no Tennessee, onde o produtor acusa Pebe de difamação, interferência não autorizada no caso e de esquematizar um plano com Kesha para tentar manchar a imagem dele. Em resposta, a mãe da cantora o processou de volta por tê-la causado perturbação emocional e por ter mentido sobre o quão envolvida ela seria nas composições de Kesha.

O fato é que, na última terça (26), Pebe retirou voluntariamente suas acusações contra Dr. Luke, além de ter rompido recentemente contrato com um dos advogados de Kesha no caso, Mark Geragos. Segundo a advogada de Dr. Luke, as acusações de difamação por parte do produtor continuam em pé. 

“O processo contra Dr. Luke tem sido um pesadelo para a Sra. Sebert e sua família […] Ela decidiu seguir em frente e encontrar a paz e perdão em seu coração em vez de viver em função do passado cancerígeno de um processo judicial em andamento, sem previsão de fim.” – Advogado de Pebe para E! News.

Fontes: Billboard | E! News


Post publicado por Samuel D
20.04

O BuzzFeed USA publicou essa semana uma lista com 17 mensagens positivas que fãs da Kesha presentes no Coachella enviaram para a artista, e temos até uma fã representando o Brasil! (♥) Confira:

1. DO YOU! (“Faça o que é melhor pra você!“):

2. Bitch your voice is powerful ♥ (“sua voz é poderosa ♥“):

3. Stand for what you believe in ♥ (“Defenda aquilo que você acredita ♥”):

4. We are here for you, and love your true colours (“Estamos aqui para você, amo suas cores verdadeiras“):

5. Keeping fighting Kesha! (“Continue lutando, Kesha!“):

6. Don’t give up hope (“Não desista da esperança“):

7. Keep it wild & crazy, girl! Don’t ever stop being you! (“Continue selvagem e louca, garota! Nunca pare de ser você mesma!“):

8. Força Ke$ha, estamos com você! 

9. FIGHT ON!! XOXO ♥ (“Continue lutando!! beijos ♥“):

10. Your fans love you! You got this GIRL! (“Seus fãs te amam! Você consegue, GAROTA!“):

11. Your spirit will always BE FREE! (“Seu espírito sempre SERÁ LIVRE“):

12.Ke$ha we’re here for ya! (“Kesha, estamos aqui para você!“):

13. Stay strong! We love you! GIRL POWER (“Continue firme! Nós te amamos! PODER FEMININO“):

14. Keep on Rocking! 24/7 🙂 (“Continue arrasando! 24 horas por dia 🙂“):

15. HEAD HIGH KE$HA we ♥ you! (“Cabeça pra cima, Kesha. Nós ♥ você!“):

16. Don’t stop making music, you can overcome anything! (“Não pare de fazer música, você pode superar qualquer coisa“):

17. We ♥ Kesha (“Nós ♥ Kesha“):


A lista chegou até a própria Kesha, a qual fez questão de agradecer o carinho via Instagram:

“Aw isso fez meu dia ❤️❤️❤️❤️❤️❤️ tão fofo  obrigada, BuzzFeed “

aw this made my dayyyyy❤️❤️❤️❤️❤️❤️ so sweet thank you @buzzfeed

Uma foto publicada por Kesha (@iiswhoiis) em


Post publicado por Samuel D
19.04

Hoje (19), foi divulgado que em junho Kesha terá que comparecer ao tribunal para explicar, perante juramento, sua versão dos fatos que a levaram a processar o Dr. Luke por assédio sexual e psicológico. Pebe, mãe de Kesha, também estará presente no tribunal visto que também processou o produtor por causar a Kesha sofrimento emocional.

Os testemunhos serão gravados em vídeo no Supremo Tribunal de Justiça de Nova York e usados para o julgamento do caso.

Recentemente, Kesha teve todas as suas alegações dispensadas pela juíza, menos uma, que se trata do contrato formal entre Kesha e a Sony/Dr. Luke. Na última semana foi realizada uma teleconferência entre os advogados da cantora e do produtor para a discussão do processo que segue em andamento, porém nada foi divulgado a respeito.

Até o momento não foi divulgado o dia da sessão, apenas que ocorrerá em junho.


Post publicado por Pedro I.
17.04

Depois de tantos rumores, idas e vindas, aconteceu! na madrugada de ontem (16.04) para hoje (17.04), Kesha foi para o festival Coachella para uma participação no show do DJ e produtor Zedd.

De fato, alguma colaboração entre os dois já havia sido esperada, já que no lançamento do último album de Zedd, muitos rumores afirmavam que Kesha era a participação especial na faixa-título “True Colors”, além de Zedd mostrar apoio ao movimento #FreeKesha e mostrar estar disposto a realizar uma colaboração com a cantora.

Bem, vamos ao que interessa. Confira abaixo a performance de “True Colors”:

Confira fotos:


Post publicado por Natália H.
06.04

Segundo os tablóides The Hollywood Reporter e TMZ, Kesha foi grandemente desfavorecida em sua batalha judicial contra a Sony.

“Kesha acabou de perder sua batalha legal contra a Sony… uma juíza de Nova York rejeitou a alegação de que ela teria virado uma escrava da Sony, com Dr. Luke sendo seu dono.” – TMZ

Após ter seu pedido de liminar rejeitado, Kesha continuou pressionando o caso para ter uma resposta favorável no tribunal, mas a Sony agiu agressivamente para ter o caso todo rejeitado. O juiz agora ficou do lado da Sony, rejeitando todas as alegações de Kesha, menos uma.

“O juiz não se convenceu com o argumento de que a relação entre a cantora e seu produtor poderia ser comparada a “escravidão”, pois a Sony não estava forçando-a a trabalhar apenas com Dr Luke… eles teriam deixado outros produtores disponíveis. Por rejeitar essa oferta, o juiz apontou que Kesha estava sendo irracional.”

Kesha também argumentou que ela foi vítima de um crime de ódio, denunciando que sua queixa de abuso sexual foi encoberta pela lei, o juiz respondeu com: “Nem todo estupro é um crime motivado pelo gênero”.

O que foi mais prejudicial para Kesha foi a juíza ter rejeitado suas alegações sem a possibilidade da cantora altera-las. Kesha recentemente contratou um novo advogado para sua equipe e entrou com um apelo em relação a decisão negativa de seu pedido de  liminar.

“Infelizmente, para Kesha, não há muitas notícias boas a caminho com a decisão de hoje. Na melhor das hipóteses, a corte de Nova York pode decidir que não tem competência para receber as queixas – pois não ocorreram em Nova York – e solicitar um retorno de ação judicial na Califórnia, em Los Angeles, onde o processo de Kesha contra Dr. Luke está em espera.”

Fontes: THR | TMZ

[ATUALIZAÇÃO 07.04]

Como havia sido divulgado anteriormente, a juíza dispensou todas as alegações de Kesha, menos uma, que está relacionada com o contrato da cantora com Dr. Luke e a gravadora. Segundo o fórum FOTP, seá realizado uma teleconferência para discussão das alegações pendentes dia 13 de abril, na semana que vem. Porém, a data presente no site da people.com é 13 de abril de 2014, como se a data se referisse a um evento passado. A equipe do Kesha Brasil entrou em contato com o site para verificar a autenticidade da data, assim que tivermos uma resposta atualizaremos esse post. 

UPDATE: A equipe do Kesha Brasil conseguiu entrar em contato com a equipe da people.com, e foi realmente constatado o erro na publicação deles. Então haverá uma teleconferência para discussão do caso na próxima semana, 13 de abril! 


Post publicado por Samuel D
04.04

Kesha adicionou um advogado de peso em seu time. A artista se prepara para apelar contra a negação de uma liminar e convocou Daniel Petrocelli da O’Melveny & Myers para representá-la. Se Kesha está se sentindo confiante foi porque dias atrás Daniel se juntou oficialmente a Mark Geragos (advogado de Kesha desde o início do caso), mais conhecido por derrotar O.J. Simpson em um caso civil de morte por negligência há duas décadas atrás; Petrocelli também é especialista em casos de ‘reviravolta’, tendo representado companhias de nome, como Disney e Warner Bros., na briga judicial dos personagens ‘Winnie the Pooh’ e ‘Superman’, respectivamente, onde conseguiu excelentes retornos. Daniel foi destaque na lista da The Hollywood Reporter dos 100 melhores advogados de Hollywood.

A próxima ação legal de Kesha ainda não está clara. O caso está sendo julgado em um tribunal de apelações do Estado de Nova York, mas ainda há processos em andamento no tribunal de julgamentos. Além disso, o próprio processo de Kesha contra Dr. Luke ainda está pendente na Califórnia, mas foi suspenso enquanto o de Nova York estava em andamento. Então, há novamente uma conferência de status a ser realizada na Califórnia, em maio, e Kesha pode ter outras alternativas judiciais sobrando para explorar.

Segundo fontes, a conferência está marcada para 18 de maio.


Post publicado por Samuel D
03.04

Desde que Kesha teve seu pedido de liminar negado, o qual autorizaria a cantora a gravar e lançar músicas novas sem o envolvimento de Dr. Luke, inúmeras celebridades e outras personalidades relevantes da mídia se revoltaram e demonstraram apoio à Kesha nesse momento tão difícil. Lady Gaga, Adele, Demi Lovato, Lorde, Taylor Swift e Ariana Grande são apenas alguns dos grandes nomes que dedicaram algum tempo para fazer uma boa ação em prol do movimento #FreeKesha. Com toda essa repercussão, muito se especulou sobre como a Sony iria reagir a isso, visto que sua imagem está sendo cada vez mais associada ao estupro de Kesha.

>> Apoio de outras celebridades pode convencer Sony a liberar Kesha 

Hoje, quase 1 mês e meio após o julgamento da liminar, Kesha denunciou via Instagram uma proposta que recebeu em troca de sua liberdade contratual: Ela estaria livre caso mentisse publicamente, se desculpando e desmentindo o estupro. Kesha, por sua vez, deixou claro que não vai desmentir nada pois seus relatos são verídicos e que prefere arruinar sua carreia do que mentir novamente por Dr. Luke. Confira:

“Me ofereceram minha liberdade em troca de eu mentir. Eu teria que pedir desculpas publicamente e dizer que nunca fui estuprada. É o que acontece por trás das portas fechadas. Eu não vou desmentir a VERDADE. Eu prefiro deixar que a verdade arruine minha carreira do que mentir por um monstro novamente”

so. I got offered my freedom IF i were to lie. I would have to APOLOGIZE publicly and say that I never got raped. THIS IS WHAT HAPPENS behind closed doors. I will not take back the TRUTH. I would rather let the truth ruin my career than lie for a monster ever again.

Uma foto publicada por Kesha (@iiswhoiis) em


Page 3 of 41234


Twitter



Facebook