Post publicado por Samuel D
29.07

Ontem, Kesha realizou uma listening Party em parceria com o Spotify. O evento aconteceu em Malibu, California, e reuniu alguns fãs sortudos da cantora. Confira as fotos:

Kesha – Spotify Listening Event

Mais tarde, via instagram, Kesha comentou sobre o evento:

Obrigada ao meu amor Austy pelos abraços e ao @popotify por ter uma épica pequena e intima sessão de encontro para alguns dos meus Animals e para mim! Hoje foi bonito e perfeito, obrigado por passarem um tempo comigo hoje comigo, adorei, foi tão especial ✨ amor todo o caminho ?????????


Post publicado por Samuel D
28.07

Desde o lançamento de “Praying”, lead single do terceiro álbum de estúdio de Kesha, a cantora vem liberando singles promocionais semanalmente, exceto pelo dia 20 de julho, dia especulado para a liberação de “Hymn”, porém não ocorrido.

O fato é que, conforme comentado por insiders, o plano de Kesha e sua gravadora para a promoção do novo material seria transformar um dos singles promocionais no segundo Single oficial do registro, podendo explicar (ou não) o fato da canção ter tido seu lançamento segurado mesmo após alguns indícios de que sairia no último dia 20.

O lado bom é que parece que estamos cada vez mais perto de ouvir “Hymn”, música que também pode ser a aposta de Kesha e sua gravadora para o segundo Single oficial do álbum “Rainbow”. Fãs que compraram o álbum “Rainbow” no site oficial de Kesha receberam a seguinte mensagem via e-mail:

“Seu pedido lhe qualifica para baixar de graça o novo Single “Hymn” no dia 03 de agosto às 9h.”

Uma arte inédita também vem sendo associada a canção, porém ainda é incerto se servirá de capa para o Single ou apenas uma imagem promocional. 


Post publicado por Samuel D
27.07

“Learn to Let Go” é mais do que um título de música… tornou-se um dos meus mantras nos últimos anos. Mesmo que nosso passado crie quem somos, não podemos deixar que ele nos defina ou nos impeça de algo. E especialmente se você passou por algo difícil, e todos nós passamos, e não podemos guardar ressentimento porque é como um veneno. Você precisa aprender a deixar esses maus sentimentos e seguir em frente.

Todos nós temos tendências baseadas em qualquer que seja nossa própria história e experiência de vida, mas realmente a única maneira de evoluir verdadeiramente é deixar o passado no passado e avançar com um coração aberto. Se você deixar seus demônios assombrá-lo, eles o perseguirão para sempre. Aprenda com seus erros, mas não hesite deles, e se você sentir que alguém o prejudicou, deixe ser isso um problema da pessoa – não seu.

“Seu passado só tem o efeito que você deseja em seu futuro.”

Esta foi uma das primeiras músicas que escrevi para o meu novo álbum, “Rainbow”. Escrevi essa música com a minha mãe, Pebe Sebert, e no primeiro dia da sessão de composição, escrevemos essa grande melodia, mas não conseguimos descobrir sobre o que era a música. Nós só tínhamos mais um dia mais reservado com meu amigo e co-compositor nesta música, Stuart Crichton. Eu estava tão frustrada porque tínhamos essa melodia incrível, mas sem a letra, e eu estava tão triste porque me perguntei se a terminaria.

No dia seguinte, tomei café da manhã com uma das minhas melhores amigas. Ela me impressionou naquela manhã porque ela tem uma alma muito bonita e feliz. Ela flutuava na sala como se fosse um feixe mágico de luz – ela era uma deusa. Eu sei de alguns dos tempos difíceis que ela passou, e fiquei inspirada em como ela não deixou que a escuridão do seu passado rastejasse junto com sua vida. O espirito bonito dela me inspirou a considerar como, apesar de que todos nós passarmos por coisas difíceis em nossas vidas, todos nós temos a capacidade de tomar a decisão de simplesmente deixá-la ir e continuar a viver. Se a minha amiga pôde fazer isso [deixar as coisas difíceis da vida irem], então pensei que talvez eu pudesse fazer também também.

Quando chegamos ao estúdio, a música começou a fluir. Minha mãe sempre está me dizendo como você tem que aprender a aceitar que você não pode tentar controlar tudo. Quando você percebe que você não é o único em controle e você para de ter arrependimentos – é libertador. Seu passado só tem efeito em seu futuro se você quiser. Trata-se de abraçar o seu passado, mas não deixar ele te definir.

Para o video nós fomos pelo conceito de incorporar videos caseiros que a minha tia Sonia Sebert tinha filmado durante anos e então recriamos algumas das cenas minhas como adulta de um jeito bem caprichoso. É a ideia de me reconectar com a minha criança interior porque é quando tudo é maravilhoso e divertido pra você. Você pode escolher em aprender com as besteiras durante o caminho, mas não insistir nisso e conectar-se com uma alegre infância inocente.

Eu trabalhei com Isaac Ravishankara, o mesmo director que eu trabalhei em outro video para uma música do album, “Hymn.” Eu queria todos os videos do projeto tendo um estilo colorido e idiossincrático. Esse video em particular eu queria que fosse nostalgico, e de outro mundo porque é sobre mim, me reconectando com a minha inocência infantil. Eu tenho olhado para esse album, “Rainbow,” como eu sendo eu mesma, Kesha Rose Sebert, meu nome sem o cifrão, genuinamente pela primeira vez. Eu digo isso em todos os níveis, principalmente musicalmente; e isso é bastante assustdor para mim. Essa música, e as ideias por trás dela, foram grande parte do álbum e eu espero que meus fãs gostem porque é o meu presente para eles por terem ficado comigo por todos esses anos. Essa ideia de aprender a não ligar para as coisas negativas tem sido extremamente importante para mim durante todos esses anos e eu espero que se encaixe para outros.

Confira agora o novo videoclipe de Kesha para a faixa “Learn To Let Go”:

FONTE: HuffPost


Post publicado por Samuel D
20.07

Após 2 semanas, Kesha liberou em seu canal da VEVO os bastidores das gravações de “Praying” seu single de retorno. No vídeo, Kesha conta um pouco da experiência em trabalhar com o incrível Jonas Åkerlund. Confira:


Post publicado por Samuel D
20.07

Enquanto em Nova York, Kesha passou em algumas rádios para dar entrevistas e divulgar suas novas músicas, e uma dessas paradas foi na Rádio Fresh 102.7, onde a cantora falou um pouco sobre como acontece a aplicação de glitter – algo que ela já assumiu que nunca irá deixar de usar, a polêmica envolvendo Jerry Seinfeld e muito mais.

Quando questionada sobre o uso de glitter, Kesha revelou que o segredo é bem simples: ficar pelada e rolar no glitter. Ela disse também que teve uma equipe para ajudá-la a reaplicar o brilho. Kesha reforçou também que nunca vai perder o seu amor por glitter.

Sobre a polêmica envolvendo Jerry Seinfeld, que negou um abraço a cantora em um evento no último mês, Kesha não guarda mágoas do artista, e ainda considera ele como um ídolo e acha que assuntou o ator com sua recepção calorosa. Quando questionada se esse foi o momento mais vergonhoso que ela teve que lidar Kesha negou, dizendo que já passou por muitas situações embaraçosas e que o ocorrido foi apenas uma das muitas que, infelizmente, foi gravado. Quem nunca?

Kesha também falou sobre o episódio que a inspirou na arte da capa de seu novo álbum “Rainbow”. Ela disse ter avistado várias bolar de fogo no céu enquanto estava acampando – completamente sóbria- acompanhada de seu namorado. Como o casal não conseguiu chegar em nenhuma explicação racional para o femônemo, Kesha assumiu ser uma aparição extraterreste. 


Post publicado por Samuel D
18.07

Hoje, a line-up do iHeart Radio Festival que acontece dias 22 e 23 de setembro em Las Vegas foram anunciadas, e Kesha participará do 2º dia do festival (sábado/23) como convidada especial, no mesmo dia de nomes como DJ Khaled, Lorde, Kings Of Leon, Big Sean, Miley Cyrus, Niall Horan e Thomas Rhett. Os ingressos começar a ser vendidos dia 28 de julho. Confira o line-up completo: 


Post publicado por Samuel D
18.07

Kesha esteve no Elvis Duran and the Morning Show esta manhã para divulgar seus últimos lançamentos e responder algumas perguntas de fãs. Resumimos em tópicos os assuntos abordados durante a entrevista:

  • Kesha comentou que teve momentos em que não sabia se iria poder lançar músicas novamente um dia, mas teve que se motivar a continuar tentando, mesmo nos momentos mais difíceis. 
  • Kesha falou também do incentivo que sua mãe sempre lhe deu para escrever músicas desde crianças, e sempre foi motivada a compor sobre verdades ao invés de inventar histórias ou viver outras realidades em sua música.
  • Ela falou sobre seu encontro com Bob Dylan, e ele a chamou de bem vestida, então Kesha disse que passou a não ligar para as vezes que apareceu nas listas dos piores looks.
  • Kesha e Elvis falaram sobre como “Woman” possui tantos palavrões que impossibilita a canção de ser censurada para a rádio, e Kesha adicionou que não ligou muito para a quantidade de palavrões presentes nas letras de seu novo álbum porque não queria reprimir a mensagem final ou ameniza-la por conta de não poder usar determinadas palavras. Elvis concordou com a cantora e argumentou sobre como a censura está reprimindo a arte, e Kesha compartilhou experiências próprias de algumas vezes em que homens a desrespeitaram por a considerarem ‘vulgar’ demais.
  • Ainda sobre “Woman”, Kesha disse que a canção é super empoderada sobre ser uma mulher da p*rra, “um hino feminista” adicionou. 
  • Kesha disse para darmos preferência a versão explícita do álbum.

  • A cantora comentou também sobre albuns desafios que enfrentou ao gravar o “Rainbow”, e um deles foi a nota aguda presente em “Praying”.
  • A cantora comentou também como as coisas mudaram desde seu primeiro álbum, onde colocavam muita pressão em cima dela, causando-a ansiedade e eventualmente picos de depressão, então agora ela se sente um pouco mais confortável e com menos pressão. 
  • Durante a entrevista, houve também o anúncio do line-up do iHeart Radio Music Festival, que ocorre em Las Vegas em Setembro, e Kesha foi anunciada como convidada especial.


Post publicado por Samuel D
18.07

Hoje às 9h30 (horário de Brasília) Kesha irá ao ar no Elvis Duran and the Morning Show, um programa de rádio transmitido ao vivo direto de Nova York que também é uma parada muito importante para artistas que estão em suas semanas de divulgação. O programa ocasionalmente também é palco performances de alguns artistas, porém Kesha está confirmada apenas como entrevistada até o momento. 

O programa é transmitido pela rádio Z100, que pode ser acessada através do website do iHeartRadio. Porém, como a transmissão é norte-americana, você talvez não conseguirá escutá-la sem um VPN ou outra extensão que troque o IP de seu computador. 

Se você possui um VPN, ative-o selecionando os Estados Unidos como país de destino e você conseguirá ouvir a transmissão sem problemas através deste link. Se você ainda não possui a extensão, entre no link e faça um teste, talvez o player (posicionado na parte inferior da tela) apareça para você, possibilitando a audição da transmissão sem problemas. Se não obter sucesso, siga os passos da matéria a seguir:

Como usar o Hola VPN para acessar sites de outros países?

 


Post publicado por Samuel D
17.07

qKesha tem apostado em lançamentos em dias diferenciados quando se leva em consideração o calendário de contagem da indústria fonográfica, que reinicia sempre às sextas-feiras. Sendo assim, com lançamentos às quintas, Kesha tem apenas 1 dia de contagem para as paradas da semana seguinte, o que deixou “Praying” fora da Hot 100 na semana passada, debutando apenas no Bubbling Under em #4 (que lista as músicas que quase entraram para a parada principal). 

Porém, com o desempenho da semana passada, o novo single de Kesha conseguiu entrear direto dentro do Top 25 da parada, aparecendo em #25 na lista das 100 músicas que estão fazendo mais sucesso em solo norte-americano!

Já em solo Australiano, contabilizado pelo ARIA Australian Top 50, “Praying” debutou em #19.

 


Post publicado por Pedro I.
14.07

Hoje (14.07), o site norte-americano Billboard divulgou uma entrevista com a The Dap-Kings, banda de funk/soul que tem participação em “Woman”, 2ª música liberada do álbum Rainbow, da Kesha.

Durante a descrição do momento de produção da faixa, Cochemea Gastelum, que comanda o sax barítono na banda, disse que o irmão da Kesha, Lagan Sebert, estava filmando a sessão de estúdio. Confira o trecho da entrevista:

“Nós fomos como, ‘Sim, vamos lá!'”, disse Gastelum. “A letra parecia legal… então, quando entramos no estúdio, ela apareceu e a vibração foi muito boa. Seu irmão estava lá filmando. Era uma verdadeira vibe de família, que é como também produzimos, então foi um bom encaixe”.

Como sabemos, Lagan foi quem realizou, junto com uma equipe em alguns momentos, as filmagens das duas temporadas do “Kesha: My Crazy Beautiful Life”, série transmitida pela MTV e que, em duas temporadas, mostrava o dia-a-dia da cantora Kesha e sua equipe durante sua primeira turnê mundial (a Get Sleazy), o processo de composição e produção do álbum Warrior e também da Warrior Tour.

FONTE: Billboard


Page 10 of 47« First...89101112...203040...Last »


Twitter



Facebook