Post publicado por Samuel D
28.07

Após a festa de 4 de julho que Taylor Swift deu, Ruby Rose começou a se referir a Kesha, Cara Delevingne e Uzo Aduba como a “patrulha fantasma”, e finalmente sabemos a razão do apelido.

Recentemente, Cara participou do Talkshow Late Late Show with James Corden e compartilhou um episódio ocorrido na festa de Swift. Segundo a modelo, enquanto Kesha e as irmãs HAIM estavam dormindo, ela, Ruby e Uzo decidiram pregar uma senhora pegadinha nelas, e precisaram pedir permissão a Taylor Swift e seu namorado Tom Hiddleston, pois a casa possui muitos sistemas de segurança que precisariam ser desligados para a brincadeira, confira o relato:

“Kesha estava dormindo no andar de cima com as irmãs Haim, na parte mais assustadora da casa. Elas ficaram assistindo um programa sobre assassinatos misteriosos o todo o dia. Eu, Ruby Rose, e Uzo Aduba decidimos nos tornar uma tripulação fantasma e montamos um plano super elaborado para dar um super susto nelas. Pegamos tochas, alto-falantes, fizemos até efeitos sonoros. Íamos pegar cadeiras de balanço e colocar pedaços de fio para balança-las. Fizemos o pacote completo.”

Segundo Cara, Kesha e as irmãs HAIM quase chamaram a polícia durante a pegadinha: “O que é engraçado, porque eu amo o fato de você ter que chamar a polícia por pensar que havia um fantasma na sua casa” – Completou a modelo.

Confira o vídeo da entrevista:

Fonte: EW


Post publicado por Samuel D
27.07

“The time has come to get creepy” – Avisou Kesha sobre seu novo projeto, a “Fuck The World Tour”, que passará por 7 cidades norte-americanas no próximo mês. Segundo a cantora, veremos um lado dela jamais visto: o assustador.

Não é preciso ser fã de carteirinha para saber que Kesha gosta de flertar com outros gêneros musicais, principalmente o rock. Fã assumida de Iggy Pop, Alice Cooper e outras personalidades do gênero, Kesha nunca escondeu seu amor pelo estilo musical, inclusive faz questão de deixar claro que Dirty Love (sua parceria com Iggy Pop) é sua canção favorita de seu mais recente álbum de estúdio, “Warrior”, que conta ainda com algumas outras faixas pop-rock, como “Only Wanna Dance With You” e “Gold Trans Am”, essa última possui inclusive um sample de “We Will Rock You”, do Queen. 

Mais sutil mas não menos influente, temos a relação de Kesha com a música country, que apesar de ser um gênero não muito explorado pela cantora em seus álbuns (com excessão para a faixa “Wonderland”),  já marcou presença em performances ao vivo da cantora, como na vez que ela apresentou um cover de Free Fallin’, do Tom Petty.  

E são exatamente esses dois gêneros que Kesha prometeu explorar em sua nova turnê, inclusive é esperado que a cantora apresente novas versões de seus conhecidos hinos pop, afim de adapta-los a sonoridade do show. 

Outro diferencial é que desta vez Kesha não estará sozinha: a turnê vem assinada por “Kesha And The Creepies” e contará com a participação de uma banda de rock formada por amigos da cantora. No começo do ano, Kesha chegou a se apresentar com os colegas em questão, aderindo o nome de “Yeast Infection”. Está ai nossa maior pista do que pode estar por vir na Fuck The World Tour.


Post publicado por Samuel D
21.07

Kesha anunciou que doará parte do lucro de seu show em Atlantic City para vítimas do tiroteio ocorrido na Pulse nightclub, na Flórida, no último mês.

“Já avançamos bastante com o movimento dos direitos iguais, mas ainda temos muito mais trabalho a fazer […] Eu nunca vou parar de lutar por aqueles que só querem ser capazes de se expressar livremente por quem são” – Disse Kesha em um comunicado.

“Estamos orgulhosos de sediar um artista como Kesha que compartilha a nossa mesma paixão e apoio com a comunidade LGBT”, disse Rick Mazer, presidente da Harrah Resort Atlantic City. “É importante que nós unir forças em tempos de tragédia para oferecer ajuda aos necessitados.”

Fonte: EW


Post publicado por Samuel D
19.07

Kesha acaba de anunciar que está prestes a embarcar em uma turnê durante o verão norte-americano (Julho/Agosto/Setembro)! Segundo a cantora, ela irá performar músicas que nunca a vimos cantar antes! O que ela quis dizer com isso não se sabe ao certo, mas especula-se que ela adicione músicas inéditas ao setlist!


Até o momento, 7 shows dessa turnê foram anunciados, todos em estados norte-americanos. A turnê terá início no dia 09 de agosto em Cleveland – Ohio.

Os ingressos estão em pré-venda pelo site oficial da Kesha, usando o código “FUKTHEWORLD” para comprar os ingressos. A pré-venda encerrará no dia 21 deste mês.

Os ingressos custam US$25,00 (+ taxas de acordo com o estado). Alguns shows também oferecem a opção Kesha Tour Package, por US$100,00, incluindo entrada antecipada ao local, camiseta, pôster autografado e mais um item exclusivo.


Post publicado por Samuel D
17.07

Ontem (16) Kesha se apresentou no palco da 41º parada LGBT de San Diego, California. Segundo a organização do evento, ano mais de 100 mil pessoas participaram da parada, e 40 mil assistiram ao festival musical, que contou com performances de alguns Dj’s locais, Wrabel, Tony Chevy e Kesha como headliner.

Kesha manteve sua Setlist padrão e não houveram alterações nos figurinos outras mudanças significativas no formato do show. Confira a seleção das músicas, fotos e vídeos:

  1. We R Who We R
  2. Blah Blah Blah
  3. Blow
  4. Gold Trans Am
  5. Dirty Love
  6. Take It Off
  7. Party at a Rich Dude’s House
  8. Animal
  9. True Colors
  10. Your Love Is My Drug
  11. Tik Tok
    ENCORE:
  12. Timber
  13. Die Young


Post publicado por Pedro I.
13.07

É isso mesmo! O contrato feito entre a Kesha e a Sony/RCA/Kemosabe pode ser desconsiderado em 2018, caso ela não ganhe nas ações judiciais movidas contra Dr. Luke e as gravadoras Kemosabe, RCA e Sony.

Hoje (13.07), Austin (fã conhecido por ter contato direto com a cantora) publicou no Twitter :

Kesha estará 100% livre em 2018, mesmo ela perdendo na ação judicial [Kesha X Dr. Luke] por conta da “regra de 7 anos”.

Essa “regra de 7 anos” que Austin está se referindo é a De Havilland Law, lei válida apenas no estado da Califórnia, EUA. A De Havilland Law define que um contrato exclusivo de serviços pessoais (no caso da Kesha, o de gravar músicas), independentemente das cláusulas do contrato, tem sua invalidez 7 anos a contar desde o início do serviço. A lei é muito utilizada na indústria da música, como nos casos de Courtney Love e Smashing Pumpkins, que citaram a regra ao contestar contratos que exigem a entrega de vários álbuns (embora as gravadoras haviam pressionado para que houvesse uma exceção, fato que lhes permite recuperar o prejuízo pelos álbuns não entregues em contratos anulados pela regra).

No caso da Kesha, o contrato de exclusividade com a Kemosabe, em conjunto com a RCA e a Sony, foi assinado em 2006, mas renovado em 2011, contanto os 7 anos a partir da última renovação de contrato, terminando então em algum momento de 2018.

Como o contrato da Kesha tem, além de serviço de exclusividade, a entrega de, no minimo, 8 álbuns (tendo apenas 2 entregues, aceitos e lançados), ela teria que, no caso de usar a De Havilland Law, pagar para as gravadoras uma quantia pelo fato dela não ter entregado a meta minima de álbuns.

FONTE: Reuters


Post publicado por Samuel D
10.07

Post publicado por Samuel D
07.07

Hoje foi divulgada a terceira onda de indicações para o Teen Choice Awards 2016, e Kesha foi nomeada na categoria ‘Choice Style: Female’ (Mulher mais estilosa), e concorre contra Zendaya, Willow Smith, Blake Lively, Bella Thorne e Becky G.

Você pode votar via Twitter e pelo site oficial da premiação, porém só é possível votar uma vez por dia, então não se esqueça de votar diariamente e criar diferentes contas para votar via Twitter e dar RT’s, pois contam como voto também!

Para votar via Twitter:

Basta copiar e tuitar a seguinte mensagem:

My vote for is !

Para votar pelo site:

  1. É necessário usar uma extensão para alterar seu IP. Dentre as mais famosas estão o Hola! (para Google Chrome) e o Hotspot Shield, clique em qual preferir para ser instruído quanto a instalação.
  2. Após a instalação, ative seu alterador de IP e entre no site da votação: vote.teenchoice.com
  3. Faça login com seu Facebook e localize a categoria Choice Style: Female (penúltima da coluna do meio)
  4. Clique na categoria e vote na Kesha.

IMPORTANTE: Lembre-se de votar diariamente, tanto via Twitter quanto pelo site! 

A premiação acontece dia 31 de julho em Los Angeles, e será transmitida pela FOX!

 

 


Post publicado por Samuel D
05.07

Ontem, 4 de julho, foi comemorada o Dia da Independência dos Estados Unidos, e, como de costume, muitos artistas saíram para comemorar a data, inclusive Taylor Swift. A cantora reuniu outras celebridades como Blake Lively, Ryan Reynolds, Uzo Aduba, Ed Sheeran, Ruby Rose, Cara Delevinge, St. Vincent, as irmãs HAIM, Gigi Hadid, Karlie Kloss, Martha Hunt e Tom Hiddleston (seu atual namorado) para comemorar a data em sua mansão de praia em Rhode Island.

Na madrugada de segunda para terça, um fã conseguiu chegar perto o suficiente da casa para gravar áudios da festa no momento em que os convidados cantavam em um karaokê! Segundo o fã, eles cantaram algumas músicas da Kesha, e temos áudios de “Your Love Is My Drug” e “Tik Tok”. Confira:


Post publicado por Samuel D
20.06

Hoje (20), os advogados de Kesha e Dr. Luke bateram de frente um com o outro no tribunal de Manhattan, visto que o time representante de Dr. Luke continua solicitado que os registros médicos e psiquiátricos de Kesha sejam divulgados e entrem como fator decisivo no processo judicial que o produtor iniciou contra ela, acusando-a de difamação. Porém toda informação trocada entre paciente e terapeuta é protegida por lei e não pode, em hipótese alguma, tomar proporções públicas, fato que os advogados de Luke parecem estar pouco se importando.

Kesha passou por tratamento médico e psicológico em quatro estados ao longo da última década (Nova York, Califórnia, Illinois e Tennessee), e os advogados de Dr. Luke apelam para a juíza ter acesso a todos, embora exista a tal lei de sigilo, favorável a privacidade da cantora. Os Advogados de Luke, no entanto, rebatem dizendo que Kesha já tornou o caso público por opção própria.

Por sua vez, o novo advogado representante de Kesha encerrou com: “Embora Mr. Gottwald [Dr. Luke] diga que as declarações da Sra. Sebert [Kesha] sejam falsas, a sua veracidade ainda está para ser apresentada ao jurí – e julgada.”

Fonte: New York Daily News 


Page 20 of 46« First...10...1819202122...3040...Last »


Twitter



Facebook