Noticias | Kesha Brasil | Page 20
Post publicado por Samuel D
25.02

“A Sony está fazendo tudo que pode para apoiar a artista nestas circunstâncias, mas é legalmente incapaz de quebrar um contrato do qual não faz parte.” – Essas foram as palavras do advogado da Sony, Scott Edelman. Segundo ele, a Sony não pode rescindir o contrato de Kesha porque ele pertence a empresa do Dr. Luke, Kasz Money, que tem um acordo separado com a RCA/Jive, a qual é uma filiada da Sony.

Além disso, Edelman ainda acrescenta que nenhuma acusação criminal foi feita contra Dr. Luke, e vários advogados do mundo do entretenimento argumentam que a Sony não pode quebrar o contrato por conta de ‘alegações’.

O fato é que, há uma semana atrás, um advogado representante da Sony disse no tribunal que a gravadora está interessada no sucesso de Dr. Luke, e não no da Kesha. Parece que o jogo está virando, não é mesmo?


Post publicado por Pedro I.
25.02

Halsey performou um cover da música “1975”, da banda The Sound, na BBC Radio 1, uma das rádios mais populares da Inglaterra, e aproveitou a oportunidade para emendar um trecho da música “Die Young”. Confira a partir dos 2’10”:

Após a confirmação de que Kesha teve seu pedido de liminar negado, a hashtag #FreeKesha repercutiu de uma maneira grandiosa nas redes sociais, e Halsey tambérm mostrou seu apoio com a seguinte mensagem: “Enojada por alguém em posição de poder, abusando de sua autoridade. Meu coração parte pela kesha e por todas as pessoas afetadas por essa toxina. Eu nem sei o que eu faria… Eu só espero que ela encontre paz e um jeito de continuar se expressando sem medo.”


Post publicado por Natália H.
25.02

Após publicar uma foto com Kesha em seu Instagram, a cantora Lady Gaga respondeu alguns comentários saindo em defesa de Kesha. Confira:

“@tropicarly essa é a parte mais desapontante para mim. Essa, a razão por qual as mulheres não se manifestam por anos é o medo de que ninguém irá acreditar nelas ou o seu abusador ameaçou a suas vida ou a vida de seus entes queridos a fim de deixar a vítima quieta e sob o seu controle. O que aconteceu com a Kesha aconteceu com muitas artistas incluindo eu mesma e isso irá afetar ela pro resto de sua vida. Ninguém precisa validar a Kesha. Por que a vítima sempre é a “mentirosa” e por que deixamos pessoas em uma posição de poder se safar por se comportar de maneira desumana? Esses caras se escondem atrás do sistema legal e é o comportamento litigioso que precisamente o que eles usam para estuprar essas garotas. “Me dê o que eu quero senão eu irei atrás de você” e eles terão o dinheiro e recursos para fazer isso.”

12141512_10206812479683169_7564541520996803974_n

“@psychoticxkriss ela está me curando, sério. A bravura dela é espantosa e algo que até hoje eu nunca fiz. Ela será a razão que tudo mudará para as mulheres nessa indústria, ela deveria ser recompensada por ser tão forte e não punida e ficar aprisionada. E você adiciona que essas pessoas que não estão a protegendo estão ganhando dinheiro dela enquanto ela sofre. Por quê?”

 “@ginamartini exatamente. As pessoas não percebem o quão doloroso esse momento é para ela. Encarar isso, para muitos, é a parte mais difícil.”

 

993554_10206812479443163_3320567726513360355_n

 

 


Post publicado por Natália H.
25.02

Kesha e a banda “The Flaming Lips” trabalharam juntos no passado em um projeto chamado “Lip$ha”, um álbum conjunto que deveria ter chegado aos nossos ouvidos lá em 2012, porém devido a sonoridade não usual, a gravadora acabou empacando o álbum. O único resquício que temos é a faixa “2012”, que entrou para a tracklist de um álbum da banda.

O fato é que, ontem, Wayne anunciou via Instagram que vai contactar a Kesha para conversar sobre a possibilidade de vazar algo do “Lip$ha”, nem que seja uma faixa. Aguardamos ansiosamente esse acontecimento!


Post publicado por Samuel D
24.02

Ao ganhar o prêmio de Melhor Artista Feminina Britânica, Adele subiu ao palco para agradecer a escolha do público e reservou alguns segundos para apoiar Kesha. Confira vídeo do momento:

“Eu gostaria de usar esse momento para apoiar publicamente a Kesha”


Post publicado por Samuel D
24.02

Kesha usou seu facebook para falar mais detalhadamente sobre o que vem sentindo ultimamente. Confira a tradução:

Estou tão grata por todo o apoio que tenho recebido de todos. Palavras não podem expressar realmente as emoções que eu senti ao ler e ver como todos tem sido incríveis comigo. Eu não posso acreditar que tantas pessoas em todo o mundo tomaram um tempo para me mostrar apoio e amor. Outros artistas que conscientemente colocam suas próprias carreiras em jogo para me apoiar, eu serei eternamente grata.

Tudo o que eu sempre quis foi ser capaz de fazer música sem medo, assustada, ou abusada. Este caso nunca foi sobre uma renegociação do meu contrato de gravação – nunca foi sobre a obtenção de um negocio maior ou um melhor. Trata-se de estar livre do meu agressor. Eu estaria disposta a trabalhar com a Sony se eles fizerem a coisa certa e romperem todos os laços que me ligam ao meu agressor.

Mas há esse ponto, a problema é maior do que apenas sobre mim.

Eu estou pensando sobre as jovens de hoje – Eu não quero que minha futura filha – ou sua filha – ou a de qualquer pessoa tenha medo ser punida se ela relatar um abuso, especialmente se o seu agressor estiver em uma posição de poder.

Infelizmente eu não acho que o meu caso está dando às pessoas que foram abusadas, confiança de que elas podem se manifestar,
e isso é um problema.

Mas eu só quero dizer que se você foi abusado, por favor não fique com medo de se manifestar. Há lugares que vão o fazer se sentir seguro. Há pessoas que vão te ajudar. Eu serei uma dessas e ficarei do seu lado. Eu sei agora como isso é e eu vou sempre lutar por você do jeito que maravilhosos estranhos têm lutado por mim.

Sim, eu sou muito uma feminista, mas mais do que isso, eu sou uma humanista. Eu acredito em dar suporte aos meus queridosseres humanos para ficarem SEGUROS.

Nós todos estamos nessa juntos. Você não está sozinho.

Eu amo vocês e obrigada. 

I’m so, so beyond humbled and thankful for all of the support I’vereceived from everyone. Words cannot really express…

Publicado por Kesha em Quarta, 24 de fevereiro de 2016


Post publicado por Samuel D
24.02

Ontem (23), Kesha finalmente resolveu se pronunciar sobre as mensagens de apoio que tem recebido dos fãs e de outros artistas desde sexta- feira. Em meio a agradecimentos, Kesha prometeu uma “declaração grande demais” para ser feita via Instagram.

No mesmo dia, uma matéria divulgada pelo The Wrap afirmou que o caso de Kesha foi assunto durante o ensaio da performance de Lady Gaga para o Oscar, aonde a cantora performará “Til It Happens To You”, música escrita para conscientizar sobre violência sexual. Diane Warren, responsável pela composição da música, estava presente no ensaio e não deixou de comentar sobre Kesha:

“Ela é corajosa [. . .] mais corajosa do que eu teria sido. Ela não pode gravar até receber uma autorização de um juiz. Neste meio, 3 anos podem ser como 10, ao menos que você seja Adele. Então, ela deve estar sendo forte se decidiu assumir essa posição. [. . .] processar a Sony é uma coisa, expor ao público um produtor com quem você tem um contrato é outra, [. . .] ela ainda está num contrato com o cara, ele ainda controla ela.”

Ao ser questionada sobre as outras cantoras que apoiaram Kesha, Warren disse:

“Eu acho que muitas destas meninas já tiveram que lidar com isso [assédio]. Eles se sentem mal pela Kesha. E há um monte de compaixão verdadeira para ela agora. Dois, três anos atrás, as pessoas não falavam sobre estupro. Se isso acontecesse, você não falava sobre. [. . .] Essas mulheres são guerreiras. Essas meninas que estavam com medo de falar sobre isso agora estão falando. Kesha foi muito corajosa para fazer o que fez. Isso levou muita coragem.”

A premiação ocorre no próximo domingo (28), e, apesar de não se ter nenhuma confirmação sobre algo relacionado a situação de Kesha no evento, com certeza estaremos de olho. Afinal, não podemos negar que seria a oportunidade perfeita para um pronunciamento, tanto de Kesha como da própria Lady Gaga, a qual apoiou publicamente Kesha diversas vezes durante o último final de semana.

 


Post publicado por Samuel D
24.02

Assista “Hollywood Game Night”, com participação de Kesha ao vivo! Clique AQUI.

[ATUALIZADO] O programa acabou 23h (horário de Brasília). Em breve disponibilizaremos players online.


Post publicado por Samuel D
24.02

Quase 5 dias após o julgamento de seu pedido de liminar, Kesha se pronunciou pela primeira vez publicamente. Enquanto a cantora esteve ausente, inúmeros artistas demonstraram apoio a ela nas redes sociais, sem contar da hashtag #FreeKesha, que bateu 1 milhão de menções apenas na sexta-feira. Através de uma foto em seu instagram, Kesha agradeceu pelo apoio recebido e aproveitou a oportunidade para avisar que em breve teremos uma declaração grande demais para ser feita via Instagram. Confira:

“Estou sem palavras para expressar minha gratidão. Abrigada não é o suficiente, mas é tudo o que tenho. Um milhão de vezes obrigada para sempre. O apoio que recebi deixou meu rosto inchado de lágrimas. Eu amo muito todos vocês. Uma declaração muito grande para este formato está vindo ..” 


Post publicado por Samuel D
23.02

Lena Dunham chamou atenção ao falar sobre o que acha da situação de Kesha, a atriz não se contentou com os 140 caracteres do Twitter e resolveu redigir um texto expondo sua insatisfação com fato de estarem favorecendo Dr. Luke no tribunal. Confira o texto sintetizado:

Quando eu vi o resultado do caso de Kesha na última sexta me senti enjoada. Literalmente enjoada – Quis pedir para meu motorista do Uber parar para que eu pudesse vomitar em uma lata de lixo de Nova Iorque. As fotos de seu lindo rosto cheio de lágrimas, o uso necessário porém repugnante da palavra “alegação” em relação a algo que ela diz se lembrar claramente –  isso tudo resultou num tipo especial de enjoo, o que vem quando acontecimentos públicos se cruzam com seus mais privados traumas. […] Sony poderia deixa essa situação passar reto, mas em vez disso a empresa escolheu se envolver em uma longa batalha judicial para proteger a participação de Luke no futuro de Kesha. Embora a empresa insiste que Kesha e Gottwald nunca precisarão estar juntos em uma sala e que ele permitirá Kesha gravar sem o seu envolvimento direto, eles estão minimizando o que Kesha diz a respeito de que o envolvimento de Luke em sua carreira vai afetar seu bem-estar físico e sua segurança psicológica. […] A juíza Shirley argumentou que não seria apropriado “quebrar um contrato que foi fortemente negociado.” Adivinha o que mais é fortemente negociado? Um contrato humano, que diz que não vai haver agressão um ao outro fisicamente e verbalmente! […] Por exemplo: 19 estados na América ainda permitem estupradores a ter direitos parentais sobre crianças concebidas através do estupro, levando a mulher (e seus filhos) a ataques por toda a vida, um inimaginável ciclo de revitimização. Mas isso é real. O mesmo homem que abusou violentamente de você pode ter o direito de ninar o bebê que resultou desse abuso. Uma grande parte do argumento de Kesha está na afirmação de seu advogado, que Gottwald, enfurecido pelas alegações de abuso sexual, faria esforço para enterrar os próximos álbuns de Kesha, impedindo-a sobre ganho publicitário e mais tarde lucrar em cima de seu trabalho. Esse tipo de controle é um pilar do abuso doméstico, e é muito comum: de acordo com a Rede Nacional para Acabar a Violência Doméstica, abuso financial está em 98% dos casos de relacionamentos abusivos. Quando uma mulher não está no controle de seu destino financial, porque o marido é “chefe de família” ou porque ele toma as decisões por toda a família, o mundo dela fica minúsculo. Seus recursos evaporam. O medo domina. Essa não é a única forma que laços legais fazem impossível uma mulher escapar de seu abusador. Alguém que eu amo muito estava presa numa batalha de anos para permitir-se mudar junto com sua filha pequena para onde seu negócio bem-sucedido estava e para longe de seu abusador. Se ele não pode te controlar diretamente, ele fará de tudo para ter certeza que suas escolhas são na verdade as escolhas dele. Em alguns casos, vitimas de violência domestica podem até ser despejadas de casa por ter chamado a policia para seus abusadores. Isso acontece com mais frequência com mulheres pobres, por isso 20% de moradoras de rua dizem que estão nas ruas por causa de seus parceiros abusivos. Essas mulheres merecem o melhor. Elas não escolhem ter sua reputação manchada e seu caráter questionado como uma tática de conseguir o que querem. E se a gente perceber que a mulher que busca ajuda tem tudo para perder, não importa se elas são estrelas do pop ou mães solteiras? […] O fato é que Kesha nunca vai ter uma atestado de um médico. Ela nunca terá um video que nos mostre que Gottwald a ameaçou e a humilhou, e ela nunca poderá provar, além do poder do testinhmuo dela, que ela está insegura trabalhando com esse homem. E não, nada disso estava no contrato dela. Mas que homem, que companhia se esforça para manter uma mulher selada com alguém que ela diz ter causado anos de trauma, vergonha e medo? Lutando essa luta publicamente e no sistema legal já mudou o curso e sentido da carreira dela para sempre. A falta de perspectiva da parte da Sony – a inabilidade de ver o valor dos discos de platina de uma mulher versus o valor da alma dela estar intacta – é horrível. O clamor público sobre o caso da Kesha tem video realmente animador: o tanto de choque e indignação dos fãs e performers. Não foi há muito tempo que mulheres no olho público não tinham uma coleira larga o bastante para dar apoio uma a outra, por medo de perder tudo que elas trabalharam tanto para criar. Ao invés disso, elas assistiram silenciosamente nas suas televisões, esperando que não fossem ser as próximas. Esses dias acabaram. Eles chegaram ao fim. Nós não estamos mais com medo de perder o que trabalhamos por, de de ser rotuladacomo histérica ou difícil, de ser visadas e silenciadas por homens no poder. As mulheres da indústria musical falando sobre Kesha são a prova. E as palavras delas irão repercutir, inspirando as mulheres jovens as assistindo por dicas da boa vida de se manifestar também. Em breve, ninguém irá aceitar humilhação e medo como eram antes. E então, enquanto Kesha está silenciada indefinidamente, sua voz nunca foi tão alta.”

Não demorou muito até que a mensagem chegasse a Anne Hathaway, que abraçou o movimento #FreeKesha e usou seu facebook para compartilhar o texto:

“Eu apoio a Kesha. Se você não estives familiarizado com o caso, Lena Dunham fez um brilhante trabalho essa semana no Lenny [site de entretenimento] explicando o pesadelo no qual Kesha se encontra. A situação de Kesha é apenas um de muitos exemplos de como o sistema judicial desse país deixa de proteger as vítimas de violência doméstica e de violência sexual, dos quais a grande maioria são mulheres. Por favor, compartilhe e acrescente sua voz e seu apoio! #FreeKesha”

I stand with Kesha. If you are unfamiliar with the case, Lena Dunham does a brilliant job in this week’s Lenny…

Publicado por Anne Hathaway em Terça, 23 de fevereiro de 2016


Page 20 of 35« First...10...1819202122...30...Last »


Twitter



Facebook



Entre no Estilo